Após a morte do Senhor Jesus na cruz do calvário seus amigos chegam para retirá-lo da cruz afim de que o Mestre tenha pelo menos um sepultamento digno. Interessante que João escreve em seu evangelho que "no lugar em que Jesus morreu havia um jardim e no jardim, um sepulcro novo".

A décima terceira estação da via sacra nos leva a meditar ainda sobre o grande sofrimento de Jesus mas nos dá uma luz... Se a gente pensar um pouco mais, podemos comparar nosso coração a um jardim onde as gotas de sangue de Jesus podem regar e florir. Indo mais adiante podemos entender que precisa ser sepultado e ressurgir em nós.

"Depois disto, José de Arimatéia (o que era discípulo de Jesus, mas oculto, por medo dos judeus) rogou a Pilatos que lhe permitisse tirar o corpo de Jesus. E Pilatos lho permitiu. Então foi e tirou o corpo de Jesus. E foi também Nicodemos (aquele que anteriormente se dirigira de noite a Jesus), levando quase cem arráteis de um composto de mirra e aloés. Tomaram, pois, o corpo de Jesus e o envolveram em lençóis com as especiarias, como os judeus costumam fazer, na preparação para o sepulcro. E havia um horto naquele lugar onde fora crucificado, e no horto um sepulcro novo, em que ainda ninguém havia sido posto". João 19:38-41


Ouça esse hino e entenda que Jesus deseja habitar em nosso corações.

Novo Som - Herói dos heróis



Postar um comentário

 
Top