Criação e Limites do Distrito de Boa Saúde

Pertencendo ao Município de São José de Mipibu, Boa Saúde, em 3l de dezembro de l936, através de ato assinado pelo Prefeito Áureo Tavares de Araújo, teve o seu território delimitado como zona fiscal e foi criada a sua agência arrecadadora. Quase dois anos depois, em l7 de setembro de l938, pelo Decreto nº 02 da Prefeitura Municipal de São José de Mipibu foi elevada à categoria de vila.

Em 12 de março de 1940, outro Decreto Lei delimita as zonas urbanas e suburbanas da cidade de São José de Mipibu e das vilas de Boa Saúde e de Monte Alegre. O referido decreto, no artigo 2º, divide a vila de Boa Saúde em duas zonas distintas: urbana e suburbana, conforme transcrevemos a seguir:

“Parágrafo 1º - A zona urbana é assim delimitada: começa no marco nº 1, no alinhamento da rua projetada ao norte da Praça Getúlio Vargas, segue e atravessando a estrada de rodagem para Serra Caiada, e aos 100 metros atinge o marco nº2, desce voltando a direita, segue por detras da igreja local e com a distância de 72 metros ao marco nº 3, no começo de um bêco e no alinhamento de outro bêco que conduz a estrada de rodagem a S.José, a distância de 32 metros atinge o marco 4, fronteando o alinhamento projetado da estrada para São José de Mipibu, torcendo a direita segue pelo fundo do quarteirão acompanhando um bêco e sai a distância de 33 metros atinge o marco 5, no canto com a rua do Comércio, segue pelo bêco do lado oposto dessa rua e avança 75 metros até o marco nº 6 próximo de um corredor estreito, voltando à direita segue daí ao ponto inicial que atinge com 100 metros”

Procurando identificar os principais logradouros citados no decreto, percebe-se que a Praça Getúlio Vargas é a atual Praça Nossa Senhora da Saúde; a rua projetada ao norte da referida praça é a atual Rua Dr. Mário Câmara; o beco que conduz a estrada de São José de Mipibu é a atual Rua Tenente Adauto Rodrigues da Cunha e, que a citada Rua do Comércio é a atual Rua Heronides Câmara.

“Parágrafo 2º - A zona suburbana, que envolve toda a zona urbana, tem a seguinte linha divisória com a zona rural. Começa no marco nº 1 e a 70 metros do marco nº 1 do perímetro urbano, segue acompanhando à esquerda e à equidistância de 100 metros o alinhamento entre os marcos 1 e 2 da zona urbana e, depois de atravessar a estrada de rodagem para Serra Caiada, aos 206 metros o marco nº II e depois de torcer a direita segue, atravessa as estradas de rodagem para Bom Jesus e São José de Mipibu e com a distância de 266 metros chega ao marco nº III, à margem esquerda do rio Trairi e no fundo do cemitério local, voltando a direita, segue pela margem esquerda do referido rio a montante, até o marco nº4, além do Banho Público, e a barra de um corrego, tornando à direita, segue em direção ao Marco nº I que atinge 230 metros, correndo êste alinhamento paralelo e a 100 metros aos dos marcos 6 e 1”.

Dentro dos limites da zona suburbana, podemos identificar a existência do primeiro cemitério, que teve grande parte destruída pelo Rio Trairi, em l924 e, ainda, o “Poço da Pedra Grande”, citado como “Banho Público”.

Ao distrito de Boa Saúde pertenciam os povoados de Lagoa Salgada e de Córrego de São Mateus.

Página 117

O texto foi extraído do livro Boa Saúde: Origem e história escrito por José Alai e Maria de Deus. Algumas imagens são dos blogs que José Alai mantinha. O objetivo dessa postagem é tão somente conservar nossa história.

Postar um comentário

 
Top