CRIAÇÃO ESPECIAL
Por Juciê Gomes

Certa noite tive um sonho. Sonhei que entrava no céu. Ao entrar, vi que o Senhor estava muito atento ao que fazia… aproximei-me e perguntei:
- Senhor, o que fazes?
- Estou desenhando algo diferente de tudo o que já criei – respondeu Ele.
Curioso perguntei:
- Como assim Senhor?… Diferente de tudo?!
- Sim – respondeu Ele e prosseguiu. Estou criando um ser com atributos especiais. Venha aqui mais perto que te mostrarei os detalhes do meu projeto.
Cheguei-me para mais perto. O senhor tirou um papel do bolso. Colocou os óculos e começou a me explicar os detalhes.
Em 1º lugar, quero que minha nova criação seja capaz de gerar vida em si mesmo. Durante o processo ela irá sentir enjôos e dores, porém ao dar à luz, ela sentirá um prazer incomparável que superará todo o desconforto.
O novo ser que ela gerar não saberá andar nem falar e tampouco poderá sobreviver se não for cuidado. Por este motivo preciso colocar na minha nova criação atributos especiais como: a capacidade de acalentar um choro descontrolado. O dom de interpretar choros e gemidos. A sensibilidade de acordar com um simples gemido e a capacidade de com um simples beijo curar uma dor.
O pequeno, a principio não trará nenhum beneficio e ainda por cima será totalmente indefeso e dependente. Por esse motivo, em 3º lugar, colocarei na minha nova criação um amor extraordinário por seu filho.
Ao crescer esse filho lhe trará algumas preocupações, porém em 4º lugar, ela será extremamente forte para lutar pelo filho, enfrentar os obstáculos e as indiferenças. E quando for desapontada; amar um pouquinho mais.
Em 5º lugar, quero que minha nova criação seja capaz de descobrir onde o filho está sem que ninguém a diga. Que descubra seu pensamentos sem que ele fale nada. Que ao falar, não alcance só os ouvidos, mas o profundo do coração. Que ao olhar, seus olhos transmitam amor, carinho e confiança. Que seu colo seja um lugar de proteção e aconchego. Que suas mãos transmitam segurança e com um simples toque cure feridas profundas.
Com o passar do tempo alguns filhos lhe darão a honra devida… porém outros não. E por este motivo, em 6º lugar, quero que esta nova criação ame de tal forma que mesmo abandonada pelo filho, o ame assim mesmo. Que seja capaz de passar uma noite inteira, sentada numa cadeira a esperar o filho que tarda a chegar. E que mesmo ignorada, espere que o filho durma e para pedir que Eu o abençoe.
Em 7º lugar, quero que seja capaz de enfrentar tudo pelo filho; mesmo que ele não esteja com a razão. Que o proteja, que o guarde e que seja capaz de superar a perda sem deixar de amar.
Em 8º lugar, farei que todos esses atributos durem por toda a vida. Quero que quando ela estiver velhinha, continue amando seus filhos. E se eles a maltratarem ou a abandonarem, ela os ame mesmo assim…
Quando o Senhor falou isso, me derramei em lágrimas. Ele tirou um lenço do bolso e me deu. Enquanto enxugava as lagrimas perguntei:
- Senhor! Sua nova criação sentirá tristeza?
- Sim, sentirá – respondeu Ele. Porém farei que ela seja extremamente forte e discreta. Ela passará por muitos dissabores, porém seu choro muitos não ouvirá e suas lágrimas muitos não verão. Ela procurará lugares secretos para chorar.
Em 9º lugar, ela será totalmente auto-curável. Sofrerá muito, mas se curará sozinha. Só reclamará da dor em último caso.
Em 10º lugar, darei a capacidade para fazer alguns milagres como: dar a comer aos filhos e não comer nada. Sentir dor e não chorar para não preocupar ninguém. E conseguir amar até a um filho que não é seu.
Ao ouvir todos esses detalhes perguntei:
- Senhor! E como será chamada essa nova criação sua? Deve ter um nome muito especial não é?!
Nesse momento acordei com minha mãe chamando:
- Filho. Bom dia! O café já está a mesa…
Daí pude perceber que minha mãe é uma criação especial que Deus fez para mim.

Texto escrito em
04 de maio de 2010
ás 23:50hs

Postar um comentário

 
Top