A Comunidade de Poço Comprido

Sentar no batente da frente da Escola João Bezerra da Silva e correr o olhar adiante significa encher os olhos com uma paisagem deslumbrante e lembrar-se de um trechinho de uma música que diz: “Isto ô, ô... é um pedacinho do Brasil iá, iá...”.
Poço Comprido - Boa Saúde, RN
Poço Comprido é uma comunidade simples que faz parte do município de Boa Saúde, Rio Grande do Norte. A comunidade limita-se com as seguintes regiões: Ao Norte com Logradouro, ao Sul com Assentamento Picadinhas, ao Leste com o sítio Marquinhos e ao Oeste com o povoado de Mãe D'água. A comunidade de Poço Comprido é cortada pelo Rio Trairi e habitada principalmente pelas famílias Salva mais conhecida por Baixinhos, família Costa conhecida pelos Caicós, família Nascimento conhecida por Tatus e as famílias Avelino, Cipriano, Amorim, Gonçalves, Souza e Barbalho.

Segundo as famílias dos Catingueiras e dos Tomé o nome da comunidade vem do fato de no antigo povoado existir um grande poço no leito do rio Trairi. Na época de cheia o poço enchia e os mais velhos faziam medo as crianças dizendo que o poço era muito comprido e podia engolir os pequenos que ousassem atravessar o rio. Na época de cheias o acesso a sede do município fica difícil em virtude de a estrada passar por dentro do rio Trairi. Conta-se que na cheia de 81 as pessoas tinham que utilizar cordas e troncos de madeira para fazer a travessia.

A cultura da comunidade de Poço Comprido é preservada basicamente pela escola. Em seu currículo a escola planeja comemorações das datas especiais, faz apresentações folclóricas, artísticas, artesanais e literárias.

A comunidade conta com um posto de saúde que atende as necessidades básicas da população. Conta também com rede de telefonia fixa e móvel. Desde a década de 80, Poço Comprido conta com energia elétrica em todas as residências. O abastecimento de água se dar através de cisternas que são abastecidas pelas chuvas e por operações do Governo Federal.

Escola João Bezerra da Silva
Poço Comprido
Cravada em uma das comunidades mais distantes (cerca de 12km) da sede do município a Escola Municipal João Bezerra da Silva foi construída em 1977. Mas, segundo o livro Boa Saúde: Origem e história, a comunidade teve acesso à educação em meados dos anos 50 quando Boa Saúde era administrada pelo prefeito Manoel Teixeira de Souza. “Foram criadas 05 escolas municipais, nos sítios de Xique – Xique, Braz, Poço Comprido, Cacimba de Baixo e Palmatória, tendo como local de funcionamento a residência dos professores, que eram pagos com recursos da arrecadação municipal.” (p. 136).

 Segundo informações dos mais antigos da comunidade a primeira professora foi Josefa Bento. Em 1977, foram construídas 11 salas de aula em diversas comunidades e Poço Comprido foi agraciado com a primeira escola. A construção contava com uma sala de aula, banheiro masculino e feminino, cozinha e uma pequena despensa.

Mandacaru em flor
Na década de 70 haviam apenas três escolas no município e dentre elas a escola João Bezerra era uma das tais. Uma das primeiras professoras a lecionar foi a senhora Maria Luciene da Silva. A mesma era filha do senhor Lindolfo José da Silva, um dos proprietários da região. A escola começou a funcionar com turmas de 1ª a 4ª série e contribuiu bastante para a alfabetização com o antigo MOBRAL (Movimento Brasileiro de Alfabetização) que iniciou suas atividades na residência do Senhor João Bezerra tendo como pioneira a professora Geni Barbalho.

O nome da escola foi uma homenagem merecida ao senhor João Bezerra da Silva que era proprietário de muitas terras e doou o terreno para a construção da escola. Na mesma época  o senhor João Bezerra fez a doação de um terreno para construção de um posto de saúde próximo a escola.

Atualmente a Escola Municipal João Bezerra da Silva tem como professoras Gizelda Barbalho e Margarete Maria. Atende a turmas de ensino infantil e fundamental I contando com cerca de 40 alunos.
 
Professoras Margarete e Gizelda
Esta pesquisa foi realizada pela professora Gizelda Barbalho. A mesma é concursada a nível fundamental e leciona na Escola Municipal João Bezerra da Silva. A mesma é técnica de enfermagem (efetiva do Estado) e trabalha no posto de saúde da comunidade.

Agradecimentos á:
Maria Assunção Barbalho
João Bezerra da Silva (João Catingueira)
Maria da Conceição Filha (Maria Birro)
Josefa Diogo (Zefa Diogo)
Luiz José da Silva (Luiz Baixinho)
João Lopes Nunes (Joca Lopes).

Postar um comentário

 
Top