Na noite deste sábado as páginas da saudade do ESSE É O CÓRREGO registram o falecimento de Mané Luiz - o Mestre do João Redondo.
Mané Luiz e Juciê Gomes em 2013

Mané Luiz nasceu em 8 de julho de 1924 e desde novo apreciava boi de reis, joão redondo, fandango, pastoril e danças da roça. Casou-se com Luiza Ferreira, mais conhecida por Mãezinha. Aprendeu a manusear bonecos com o cunhado  e logo passou a ser chamado para brincar João Redondo pelas redondezas.


Teve uma vida sofrida para criar os oito filhos. Saía de madrugada com Mãezinha, em cima de uma carroça, para vender bolos, solda, cocorotes, sequilhos e outros alimentos fabricados por eles. Até hoje muitas pessoas lembram-se do bolo da mãezinha, feito com leite, farinha e coco.

Mané Luiz foi o primeiro coveiro de Córrego de São Mateus e por muitos anos foi ele quem controlou o abastecimento de água quando a comunidade utilizava o sistema de água encanada do poço de Letice.

Mané Luiz deixa viúva Dona Mãezinha, com 76 anos, oito filhos, 28 netos e 14 bisnetos
Mané Luiz e Mãezinha

Calçada de Mané Luiz - toda noite é assim

Postar um comentário

 
Top