Desde 13 de janeiro que Córrego de São Mateus vem recebendo boas chuvas.
Rua Luiz Francisco de Oliveira
Segundo a tradição, se chover em 13 de dezembro (dia de Santa Luzia), então o ano seguinte será bom. Mas a persistência e esperança do nordestino é mais forte e se alegra com as chuvas do mês de janeiro, principalmente se chover no dia 13.
Rua Luiz Francisco de Oliveira
Segundo os agricultores, as chuvas que caíram no início do ano são um bom prenúncio de um  ano bom para a roça. Desde o início do ano de 2014, que chuvas vem caindo em em Córrego. Muitos agricultores já se preparam para "cortar" a terra para o plantio.
Por trás do Centro de Lazer Nova Canaã
"Vou esperar até o dia de São José (19 de março); se chover até lá é porque o inverno vai segurar... aí eu planto com vontade". Disse um agricultor.
Rua Luiz Francisco de Oliveira, em  março de 2013
Alguns agricultores já estão com a terra preparada para o plantio e outros já plantaram mandioca e macaxeira. Já se pode ver em alguns roçados batata e feijão plantados. Agora só falta a chuva que garanta o feijão e o milho do São João.

Curiosidade: A EXPERIÊNCIA COM AS PEDRAS DE SAL
Foto: Inter TV Cabugi
Essa experiência serve para indicar quais os meses vai chover mais ou menos. Na véspera do dia de Santa Luzia (o dia de Santa Luzia é 136 de dezembro), pega-se uma tábua e se desenha seis quadradinhos. Cada quadrinho representa um mês, de janeiro a junho. Põe-se uma pedra de sal em cada quadro e coloca-se no sereno. As pedras devem ser do mesmo tamanho. No dia seguinte observa-se quais das pedras derreteram mais. Assim sabe-se quais meses serão mais chuvosos ou não.
Em Lagoa de Onça

Postar um comentário

 
Top