As Plantas Medicinais de Boa Saúde

No passado, as plantas medicinais eram muito mais usadas como remédios, sob a forma de infusão, chás, sumos, lambedores ou xaropes, banhos, óleos e emplastros. De acordo com o tipo de planta e dependendo da doença, usavam-se flores, folhas, sementes, cascas e raízes. Algumas plantas eram usadas como abortivo.


Principais plantas medicinais que eram, e ainda hoje são, usadas na região e em Boa Saúde:
  • Abacate, indicado para doenças dos rins.
  • Arruda usada, principalmente nos casos de dores de ouvido, de dente e doenças da pele, como sarna. Acreditava-se no seu poder de “espantar o mau olhado”.
  • Batata-de-purga, indicada como depurativa do sangue.
  • Cabacinha, usada para combater a sinusite e, também, como abortivo.
  • Cidreira, indicada para as doenças do estômago e como calmante.
  • Erva-doce, usada como tranquilizante e para os casos de desinteria.
  • Eucalipto, usado no combate à febre e bronquites.
  • Fedegoso, indicado para gripes.
  • Jurubeba, combate os males do fígado, sendo usada, também, como depurativo.
  • Mastruço, anti-inflamatório e muito recomendado como expectorante.
  • Quebra-pedras, diurético indicado nos casos de cálculos renais.
  • Velame, usado para curar gripes, cólicas e diarreias.

Página 70

O texto foi extraído do livro Boa Saúde: Origem e história escrito por José Alai e Maria de Deus. Algumas imagens são dos blogs que José Alai mantinha. O objetivo dessa postagem é tão somente conservar nossa história.

Postar um comentário

 
Top